FLI72017: Construção de personagens e narradores para escrever romance

FLI72017: Professor da UNI7 lança biografia “Lutero” na Feira Literária
30 de setembro de 2017
FLI72017: Expressões cearenses por meio das leituras e canções
2 de outubro de 2017

Escritor João Almino falou sobre suas obras e personagens, enfatizando os romances “O quinteto de Brasília’’ e “Enigmas da Primavera’’

Texto: Roberta Linhares (4º semestre – Jornalismo/UNI7)

Foto: Lucas Mota (2º semestre/Publicidade/UNI7)

As obras do escritor foram traduzidas para inglês, francês, espanhol e italiano. Além de autor, João Almino é diplomata. Em palestra na 2ª FLI7 (Festa Literária 7 de Setembro) ele falou sobre suas obras no Teatro Nila Gomes de Soárez, na UNI7 (Centro Universitário 7 de Setembro), nesta sexta-feira,19.

Almino já foi indicado e finalista do Prêmio Jabuti. Na palestra, agradeceu a presença de familiares, amigos e ao convite da professora Maria Vital, membro do corpo docente da UNI7 Lembrou ainda a feliz coincidência de, no dia 29 de setembro de 2017, completar 109 anos da morte de Machado de Assis, um escritor que ela admira muito.

O escritor morou em Fortaleza dos 12 aos 20 anos e, em seguida, mudou-se para o Rio de Janeiro. Com mãe cearense e do interior de Iracema, o escritor admite que levou muitos anos para escrever seu primeiro romance.

Em seus primeiros livros, Almino resolveu centrar em Brasília onde, segundo ele, há “muitos Brasis”. Relacionou a Capital com a utopia e o fato de ser uma cidade sem muita tradição literária. Foi considerado um atrativo para ele, por ser um território inexplorado. Em seus romances, havia alguns personagens nordestinos, dois muito fortes, que contribuíam muito para o desenrolar da história.

O escritor enalteceu o fato de que os personagens precisam de biografia, porque nem todos obrigatoriamente são usados, mas contribuem para enriquecer a história.

Os narradores, para Almino, também são muito importantes porque ajudam com a estrutura a inter-relação e visão geral, mas podem ser, muitas vezes, inusitados e confiáveis. Destacou também o ‘’instante narrativo’’ e disse que seu primeiro romance foi baseado na descrição de uma foto.

Conteúdo gerado pelo NPJOR/Curso de Jornalismo UNI7