FLI72017: Cenário carioca é inspiração para Lira Neto em “Uma história do samba”

FLI72017: Escritora Thalita Rebouças comanda bate-papo animado com jovens
29 de setembro de 2017
FLI72017: Professor da UNI7 lança biografia “Lutero” na Feira Literária
30 de setembro de 2017

Cartola, Ismael da Silva e Hilário Jovino Ferreira são alguns personagens que tiveram suas trajetórias descritas na pesquisa do jornalista

Texto: Suelen Mendonça (6° semestre – Jornalismo/UNI7)

Fotos: Bruno Moura  (2º semestre/Publicidade/UNI7) e Deisa Rocha (3º semestre/Jornalismo/UNI7)

O jornalista e escritor cearense Lira Neto esteve nesta sexta-feira, na 2ª FLI7 – Festa Literária 7 de Setembro. Desta vez, foi para falar sobre seu livro “Uma história do samba: as origens”. A obra é uma narrativa focada em personagens, que descreve por meio de acontecimentos e cenário carioca, que foi palco para as origens do samba. A palestra ocorreu no Teatro Nila Gomes de Soárez, na UNI7 (Cento Universitário 7 de Setembro).

Nascido em Fortaleza, Lira Neto, 53, considera-se atrevido por ter tido a coragem de pesquisar sobre o cenário carioca, apesar de defender que o samba não se limita ao Rio de Janeiro. “Minha pesquisa foi realizada no berço do samba, mas, esse ritmo é a cara do Brasil, em todos os pontos do país”, ressalta o escritor.

A escolha para o título e subtítulo do livro deixa clara a intenção do autor que é tratar o samba como uma versão, não como verdade absoluta. “Falo de uma história, mas, as pessoas podem ter outras interpretações e conhecer de outra forma. Não caí na ilusão, portanto, de tratar meu livro como absoluto. Ele é fruto de estudo de um cenário, porém o samba é brasileiro e está em todos os lugares.”

Entre os espectadores da palestra estavam Maisa Farias e Isabela Farias, mãe e filha, respectivamente. Maisa é deficiente auditiva e teve a ajuda da filha Isabela para acompanhar a palestra. A filha fazia a tradução simultânea em libras. Foi a primeira vez que Isabela foi a um evento para traduzi-lo completo para a mãe. Segundo a jovem, Maisa é fã de Lira Neto e não perderia a chance de ver o escritor pessoalmente.

 

Conteúdo gerado pelo NPJOR / Curso de Jornalismo UNI7