De esfulepante a felicitante: uma questão de gentileza

A Revolução no Rock ― o Sgt. Pepper´s Lonely Hearts Club Band
14 de setembro de 2017
Uma Teoria da Decisão Judicial: fundamentação, legitimidade e justiça
14 de setembro de 2017

Patrícia Joyce, que prefere usar o apelido de Pata, é uma adolescente como todas as outras: cheia de dúvidas, expectativas, iniciativa, vontade de mudar o mundo… Só que a menina não fica no campo dos sonhos: ela quer mais. E, ao ser desafiada por uma tarefa da escola, descobre que é possível contribuir para que amigos e familiares mudem paradigmas de relacionamento e gentileza em relação ao “mau-humor” inexplicável frente às segundas-feiras. O objetivo do livro é alcançar os “desejos” de mudar o mundo, que são fortes na adolescência, e contribuir para que esses sentimentos façam parte do cotidiano de todos.

 

Sobre a autora

Ana Márcia Diógenes nasceu em Quixadá (CE) e lá passou os primeiros anos da infância. Trouxe para Fortaleza os seus sonhos. A adolescência veio com a febre de ler e escrever. Tornou-se jornalista. É casada, tem dois filhos. Como professora, vê a chance de ensinar o que aprendeu e renovar conhecimentos. É encantada com a temática da gentileza e a reproduz nas redes sociais, por meio do blog “Felicitâncias”, e postagens no Facebook e Instagram. Os sonhos, trazidos da infância e da vida, correram livres. Um deles é o de contar histórias. Neste primeiro livro, ela junta sonhos e gentilezas.

 


Serviço

Lançamento no Café do Belchior, dia 28/9, quinta-feira, às 16h.

A FLI7 acontece de 27 a 30 de setembro na UNI7.